(27) 3256-3737 | (27) 3256-1275

Aracruz na rota do crescimento

Município teve destaque na geração de empregos em 2017 e segue em 2018 com potencial para ser a “capital do crescimento” capixaba.

O desempenho econômico do município chama atenção com sua criação de empregos. Iniciativas na concessão de crédito e em incentivos à atração de investimentos aceleram ainda mais esses resultados.

Aracruz parece cada vez mais capaz de cumprir a promessa de se tornar a “capital de crescimento” capixaba. A “estrela prometida” do hino estadual quer brilhar cada vez mais perto no município, em uma experiência que pode dar certo e servir de exemplo. Mas existem também desafios pela frente.

Empregos

O município celebra resultados positivos na geração de postos de trabalho, obtendo destaque nacional. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Aracruz foi uma das 100 cidades brasileiras que mais criaram empregos durante o ano de 2017. Foi também a única cidade capixaba a figurar nessa lista.
Com esse resultado, Aracruz antecipa o crescimento nacional. No mesmo ano de 2017, enquanto o Brasil ficou com saldo negativo de menos 20.832 postos de trabalho, Aracruz desfrutou a criação de 1.527 vagas de janeiro a dezembro. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), realizado pelo IBGE.

Parte desse resultado se deve ao estaleiro Jurong, instalado na Barra do Riacho, e às empresas que prestam serviços ao estaleiro. As obras da empresa Carta Fabril, que produzirá papel higiênico, guardanapos, fraldas e outros, também contribuíram nessa geração de oportunidades.
Investimento

O município atrai e oferece oportunidades para empreendedores pequenos e médios. Os programas Nossocrédito e Seguir Crescendo, em parceria com o Bandes, aprovaram no município quase R$ 3 milhões de crédito para reformas, produção e instalação de letreiros, aquisição de equipamentos, ferramentas e matérias primas, além de capital de giro.
Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEMDE), a Prefeitura fechou 2017 com três pontos de atendimento e 317 operações aprovadas. Com os programas, o empreendedor conta com até R$ 50 mil para investir, com prazo de até 60 meses para pagar e carência de até 12 meses.

Para a atração de empresas, o município usa incentivos estratégicos e competitivos. Áreas para construção e benefícios fiscais são concedidos para gerar interesse entre investidores, facilitando a entrada de empreendimentos e estimulando a geração de oportunidades.

(Com informações de A Gazeta, de Exame, do Bandes e da Prefeitura de Aracruz.)

Fonte, Texto: Capixabão